O ensino da fé cristã na Península Ibérica
(séculos XIV, XV e XVI)
Circle Image

Marcelo Pereira Lima

LETHAM-PPGH-UFBA

Marcelo Pereira Lima
Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3426642123602355
ID Lattes: 3426642123602355
Última atualização do currículo em 22/06/2021

Alguns Trabalhos

Marcelo Pereira Lima é graduado e licenciado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997). Nesta universidade, tornou-se também mestre em História Social pelo PPGHIS (2001). É doutor em História pelo PPGH da Universidade Federal Fluminense (2010) e Pós-doutor pela Universidade de Salamanca (2015), com bolsa concedida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Atualmente, faz parte de diversos grupos e laboratórios de pesquisa no Brasil tais como o Cultura Material, Antiguidade e Cotidiano (Co-lider-CMAC/UFBA), o Poder, Política e Instituições Eclesiásticas no Ocidente (séculos XI a XVI) - UFMT (pesquisador); o Programa de Estudos Medievais - UFRJ (pesquisador); o Translatio Studii, Núcleo Dimensões do Medievo - História, Língua e Filosofia - UFF (pesquisador) e o Vivarium - Núcleo Nordente (UFAL). É editor-gerente e membro do Conselho Editorial da Revista Veredas da História - UFRRJ (presidente). É membro do Conselho Consultivo da Revista Gênero & Direito (G&D-UFPB). Juntamente com o professor doutor Marco Aurélio Oliveira da Silva (Filosofia, UFBA), coordena o LETHAM (Laboratório de Estudos sobre a Transmissão e História Textual na Antiguidade e Medievo). Faz parte do Conselho Consultivo da ABREM (Associação Brasileira de Estudos Medievais). É sócio investigar da associação PAR (Pares Académicos en Red , Espanha), coordenado pela professora doutora Nelcy Yoly Valencia Olivero, e membro do Conselho Editorial de Levar Anclas Ediciones, da Asociación Pares Académicos em Red ? PAR, desde 21 de janeiro de 2017. É pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em História, Gênero e Sexualidade, coordenado pelo professor Elias Ferreira Veras (UFAL). Tem experiência na área de História, com ênfase na História Sócio-Cultural das Instituições Medievais, sobretudo na História da Igreja e do Papado, da Realeza Medieval e da História do Direito Medieval. Além disso, dedica-se à pesquisa sobre os fundamentos teóricos, metodológicos e epistemológicos dos Estudos Feministas, da História das Mulheres, da História das Masculinidades, Estudos Queers e Estudos de Gênero, investigando, portanto, suas aplicabilidades para períodos não-modernos. Dedica-se aos seguintes temas: Teoria e Metodologia da História, Idade Média, Direito Medieval, Reforma Papal, Realeza Castelhano-Leonesa, Relações de Poder, História Institucional de Gênero, Corpo, Parentesco e Gênero.

Verbetes

Tratado en defensa de virtuosas mujeres de Diego de Valera

O Tratado en defensa de virtuosas mujeres (TDMV) é uma obra laudatória escrita por Diego de Valera no século XV. Valera elaborou diversas obras poético-literárias, cronísticas, genealógicas, filosófico-panegíricas, doutrinárias, porém o TDMV foi o texto mais diretamente voltado para enaltecer as virtudes das mulheres. Dedicado à rainha de Castela e Leão, Dona Maria, é conhecido através de 5 manuscritos incluídos em coletâneas de textos de procedências distintas, entre códices facsimilares ou miscelâneas. Três deles encontram-se na Biblioteca Nacional de España, podem ser acessados na Biblioteca Digital Hispánica (MSS/134I, ff. Ir-14v; MSS/12672, ff. 94r-117r, MSS/9985, ff. 52r-64r), e são respectivamente conhecidos como M1, M2 e M3; o outro está na Real Biblioteca del Monasterio de San Lorenzo de El Escorial, conhecido como E, localizado no códice N-I-13 (ff. 79r-83v) e, fora da Espanha, o N 82705, (ff. , lr- 17r) está custodiado pela Hispanic Society of America em Nova Iorque. Embora as datas dos códices variem entre os séculos XV e XVI, sendo motivo de debates, costuma-se situar o Tratado por volta de 1444.

Ver